Investindo o décimo terceiro na compra de imóveis | Mac Lucer

INVESTINDO O DÉCIMO TERCEIRO NA COMPRA DE IMÓVEIS



INVESTINDO O DÉCIMO TERCEIRO NA COMPRA DE IMÓVEIS

LEROY MERLIN INVESTIRÁ R$300 MILHÕES EM GALPÃO DE CAJAMAR EM 2019
7 de novembro de 2018

Virada de ano é época de gastos: festas, presentes, amigo secreto, confraternizações, etc. Mas é época também de grande investimento financeiro de empresas com o décimo terceiro salário, além, é claro, de grandes “promoções” no comércio em busca de vendas devido ao Natal.

Vale a pena investir todo o décimo terceiro salário em compras passageiras e deixar o sonho de ter a casa própria ainda no papel? O mês de dezembro é uma ótima pedida para tirar esse plano do papel e investir onde realmente o dinheiro vai ser valorizado e, além disso, trazer benefícios para toda sua família.

Segundo especialistas, o investimento mais duradouro é na compra da casa própria, pois além de ter pagamentos facilitados o décimo terceiro facilita a entrada já que muitas famílias não possuem reserva financeira.

Segundo uma entrevista realizada pelo Portal Gazeta Online com o diretor da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES), Eduardo Fontes, existe uma facilidade maior quando o imóvel ainda está em construção. “Há uma diferença entre o valor do imóvel e o que o banco financia. Quando a unidade está na planta, existe a possibilidade de pagar um sinal – que cabe no décimo terceiro salário de muitas famílias – e dividir o restante durante a obra”, contou ele.

E, se a compra for o primeiro imóvel, a Mac Lucer indica a compra de imóveis que encaixem em sua renda. Isso facilitará ainda mais o pagamento contínuo das parcelas, sem prejudicar o seu orçamento familiar.

E vale lembrar que quanto maior for a entrada no imóvel, menos juros o consumidor irá pagar ao banco. Por isso, estude seu décimo terceiro salário e invista onde realmente trará benefícios para você e sua família.

 

DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

O décimo terceiro salário foi instituído em meados de 1962 e regulamentado em 1965. Ele deve ser pago por funcionários contratados em regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) em até duas parcelas: outubro ou novembro e em dezembro. O valor calculado é de 1/12 avos do salário para cada mês trabalhado.

 

Fonte: Assessoria Mac Lucer
Foto: Freepik

Entrevista citada disponível em: https://www.gazetaonline.com.br/noticias/imoveis/2017/11/saiba-como-investir-o-13-salario-na-casa-propria-1014109291.html | Acesso em: 17/10/2018 às 10h30.

Todos os direitos reservados ao responsável desse site.

(Visited 13 times, 7 visits today)